Início > Uncategorized > Gestão de Pessoas Competência Essencial e Diferencial competitivo: o que vem de cima e o que vem de baixo

Gestão de Pessoas Competência Essencial e Diferencial competitivo: o que vem de cima e o que vem de baixo

Hoje vi duas aulas de administração decorando textos para fazer uma suposta prova. Uma tentava explicar para outra o que era competência essencial e como essa levava ao diferencial competitivo. O interessante da situação é que uma (a que explicava) sabia exatamente o conceito de “competência essencial” e de “diferencial competitivo” e a outra não estava interessada em decorar, mas em saber como um conceito se encaixava no outro.

Uma repetia: a competência essencial é o que a empresa tem de melhor e o que ela tem de melhor constitui um diferencial competitivo e isso a leva ao sucesso.

A outra questionava: esta bem, entendia as frases, mas como a empresa sabe o que ela tem de melhor? É o produto? Porque se for assim é só fabricar o melhor produto e teremos uma competência essencial e um diferencial competitivo e isso trará sucesso para nossa empresa. Eu não entendo porque a Dell e a HP vendem computadores quase idênticos, com processos de fabricação similares e o professor diz que a Dell tem uma competência essencial…

Isso é muito interessante! O fato é que a competência essencial vem “do modo” como alguma coisa é fabrica e não “do que ela fabrica”. Uma empresa tem uma competência essencial quando ela tem um grupo de pessoas (gestão de pessoas) e uma dada técnica de produção ou distribuição (estratégia) que lhe dá uma vantagem sobre as outras e isso constitui o diferencial competitivo. O diferencial competitivo hoje vem mais de processos (como fazer) do que de produtos (o que fazer). As pessoas são o diferencial…

Decorar as coisas não é bom! Questionar sim! Uma aluna sabia tudo de cor, mas não se interessava pelo nexo das coisas. A outra não ligava para decorar, mas buscava entender. Uma decora a outra pensa. Na prova a que decora vai melhor (e ela mesmo mandou a colega apenas decorar porque o que importa é ir bem nas provas) e que não decora pode tirar notas não tão boas. Mas, o fato é só um: na vida real vence quem descobre nexos!

E a propósito: a competencia essencial vem de baixo (das pessoas) e o diferencial competitivo é produzido pelos líderes através da competência essencial que eles tem em mãos (as pessoas)
Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: