Início > Uncategorized > Gestão de Pessoas na Escola: a escola que mata a criatividade e entrega fósseis para as organizações

Gestão de Pessoas na Escola: a escola que mata a criatividade e entrega fósseis para as organizações

Gosto muito do TED. O TED é um portal americano aberto que tem inúmeras palestras a respeito dos mais variados temas da atualidade. Fala de alimentação a vida em outros planetas de corporações e novas economias até educação e gestão escolar. É justamente nestes dois últimos temas que descobri esse vídeo fantástico ( e é mais fantástico ainda porque esta legendado por um colaborador brasileiro) sobre educação!

Ken Robinson é estudioso do assunto, mas mais do que isso ele é motivado pelo assunto de uma maneira extremamente progressista em vista do tipo de educador que ainda temos hoje predominando nas escolas e nas instituições de curso superior no mundo e principalmente no Brasil. Neste vídeo ele vai nos falar sobre criatividade. Ele considera a criatividade tão importante e necessária quanto a alfabetização! Veja como ele começa ousado a sua palestra! Ele é ousado e ao mesmo tempo muito divertido! Isso é coisa rara no pessoal de educação (e eu sou professor não se esqueçam! Sou da casa!rs).
O cerne deste vídeo esta no ponto “5”. Ou seja, se você quer realmente ver o ponto chave do vídeo corra o cursor até chegar aos 5 minutos de palestra. Neste ponto ele vai dizer como a escola de hoje esta matando a criatividade das crianças. Como a crucificação do “erro” tem destruído a criatividade e a ousadia das crianças na medida em que elas são intimidadas para “não errar” e isso significa “não arriscar” e “não ousar”. E sem esses dois elementos a criatividade simplesmente não pode surgir. O criativo é aquele que arrisca o novo e não tem medo de errar ou ser ridicularizado pela sociedade. Ele cita o exemplo de Shakespeare para ilustrar a questão!

As crianças educadas neste sistema tem pavor em errar e arriscam cada vez menos. Cada vez menos tem idéias originais e ousadas porque sabem que se não der certo vão ser crucificadas porque o sistema diz o tempo todo “não erre se errar vou te ferrar”. E essa lógica é transportada para as corporações e para as inúmeras organizações da nossa sociedade. Ai quando elas entram nas corporações, já como adultas é claro, temos que fazer todo um trabalho de gestão de pessoas, motivação, liderança e criatividade para TENTAR devolver a elas aquilo que elas perderam na infância. As organizações investem milhões para tentar reanimar ou reavivar aquilo que o homem já trouxe desde a criação: criatividade. Complicado esse sistema não? Assista a palestra!

Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: