Início > Uncategorized > Educação e Novas Tecnologias: é preciso ter o princípio do “cliente” para mudar os fundamentos educacionais

Educação e Novas Tecnologias: é preciso ter o princípio do “cliente” para mudar os fundamentos educacionais

A palavra “cliente” foi banida dos meios educacionais. Não se pode falar dentro do universo escolar (escola e universidade) a palavra cliente que algum pedagogo de plantão vai dizer: utilitarismo capitalista. É brincadeira. Enquanto não se muda os princípios vamos trazer mais adereços para a educação. As novas tecnologias agora são o carro chefe. A novidade.

Mas, para que novas tecnologias Uso de mundos virtuais na educação ainda divide especialistas se continuamos com o velho principio de que é preciso estudar para “arrumar um bom emprego”, para “ser uma pessoa instruída” ou para “ser um cidadão consciente”. O velho Peter Drucker dizia que temos que ter o foco no cliente para criar uma empresa voltada para sociedade e ai sim dar lugar ao trabalhador do conhecimento.

Ele não queria dizer “distribuir cesta básica”, o cara “só pensa em vender” ou o cara “que não põe a mão na massa”, mas ele queria dizer um trabalhador que gerasse ganhos de produtividade para outras pessoas a fim de tornar a sociedade um lugar mais “produtivo” e “colaborativo”.

Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: